9 dicas para controlar o estresse e a ansiedade no trabalho

Pesquisa feita pela empresa de recrutamento Robert Half em 13 países revelou, em junho deste ano, que os brasileiros são os mais estressados no mercado de trabalho. Segundo o levantamento, 42% dos profissionais do país convivem frequentemente com o estresse e a ansiedade gerados pelo emprego, diante de 11% na média dos demais países. O excesso de trabalho (52%) e a falta de reconhecimento pelo desempenho (44%) foram apontados como os principais geradores de estresse e ansiedade nos colaboradores – uma contradição, pois as empresas costumam reconhecer exatamente os profissionais que dominam múltiplas funções. “As companhias precisam equilibrar essa equação”, afirma Marcela Esteves, gerente da divisão de finanças e contabilidade da Robert Half. Para enfrentar esse problema, 60% das empresas apostam no trabalho em equipe e 51% acreditam na reestruturação das funções de trabalho e tarefas. Enquanto isso não ocorre na prática, Rita Passos, diretora de comunicação da Associação Brasileira de Qualidade de Vida (ABQV), listou nove dicas que podem ajudar os profissionais a controlar o estresse e a ansiedade no trabalho.

Identifique suas fontes de estresse

Para identificar suas verdadeiras fontes de estresse, olhe de perto para seus hábitos, atitudes e desculpas. Às vezes ignoramos os sentimentos, pensamentos ou comportamentos que são indutores de estresse. Por exemplo: você pode estar sempre preocupado com prazos curtos para finalizar suas tarefas, mas não reconhece que é a sua procrastinação e não as demandas do trabalho que levam ao estresse. Até que você aceite a responsabilidade pelo papel que você desempenha em criá-lo ou mantê-lo, seu nível de estresse vai permanecer fora do controle.

Estabeleça prioridades


Calcule o tempo necessário para cada tarefa e dê prioridade às mais importantes. Não lote a agenda; reserve tempo para os imprevistos. O ideal é reservar 15 minutos do fim de semana, quando você está mais relaxado, para planejar a semana seguinte com calma.

 

 

 

Não tente controlar o incontrolável

Muitas coisas estão além do nosso controle – principalmente o comportamento das outras pessoas. Em vez de tentar mudá-las ou reclamar, foque naquilo que você pode controlar, como a maneira que você escolhe para reagir aos problemas.

 

 

 

Conte com o outro

Procure cercar-se de pessoas positivas no ambiente de trabalho e na sua vida pessoal. Ter com quem desabafar e sentir-se apoiado pode ajudá-lo a diminuir a tensão e enxergar saídas para os problemas. Buscar ajuda é sinal de força, e uma maneira de retornar mais rapidamente ao estado de equilíbrio. Se você sentir que o estresse está dominando sua vida, procure ajuda profissional.

Decida!

O estresse crônico afeta a nossa capacidade de tomar decisões. É claro que existem situações em que é preciso refletir muito bem sobre as consequências do caminho que tomamos, mas você leva meia hora para tomar pequenas decisões. Decida! Isso vai tirar um peso desnecessário de suas costas.

Respire…

Você está se sentindo sobrecarregado, tenso ou ansioso? Respirar profunda e lentamente pode ajudar nos momentos de estresse agudo. Sente-se confortavelmente, feche os olhos se puder, e inspire cinco segundos, segure e expire pelo nariz contando até dez. Repita cinco vezes. Essa técnica simples vai ajudá-lo a relaxar, combater os sintomas da ansiedade e do estresse, restaurar o equilíbrio e eliminar toxinas de seu corpo.

 

 

 

Reserve tempo para relaxar…

Cuidar de si próprio é uma necessidade, não um luxo. Reservando um tempo para se divertir e relaxar, você vai conseguir lidar melhor com as dificuldades. Você pode dar uma caminhada, tomar um banho quente, acender velas perfumadas, fazer uma massagem, ouvir uma música, assistir a um bom filme, telefonar para um amigo com quem não fala há muito tempo. Esse é seu tempo para recarregar as baterias.

Cultive bons hábitos

Você pode aumentar sua resistência ao estresse cuidando da saúde física. Exercite-se regularmente (pelo menos 30 minutos, três vezes por semana). Faça refeições balanceadas e nutritivas, mastigue lentamente e evite fazer outras coisas ao mesmo tempo. A automedicação também pode fornecer um escape fácil para o estresse, mas lembre-se que o alívio é apenas temporário. Durma o suficiente para se sentir descansado para enfrentar a sua rotina diária.

 

 

 

Mantenha seu senso de humor

O bom humor é um poderoso antídoto para o estresse. Isso inclui a habilidade de rir de si mesmo. A risada ajuda seu corpo a aliviar a tensão física e o estresse, provocando a liberação de endorfinas, fortalecendo seu sistema imunológico e melhorando a sensação geral de bem-estar.

Fonte: gazetadopovo.com.br

Comentários

Recentes

É rejeitado projeto sobre divulgação de alvarás... Nesta quarta (13), na 33ª Sessão Ordinária da Câma...
Defesa pede liberdade para os irmãos Wesley e Joes... Por: Décio Trujilo   A defesa dos empresá...
Grendacc ganha RaiosX Portátil que tornará atendim... O Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer)...
Com experiência cervejeira e shows sertanejos, Car... O Jaguariúna Rodeo Festival chega à 29ª edição nes...

Populares

Obras contra enchentes alteram trânsito próximo ao... Com o objetivo de aumentar a vazão das águas do Ri...
Vacinação contra meningite C e HPV começa dia 11... A partir do dia 11 de setembro começa em todo o pa...
Confira a programação da Semana da Pátria 2017 A Prefeitura de Itatiba, por meio da Secretaria da...
Naufrágio em Salvador deixa ao menos 22 mortos; go... O 2° Distrito Naval de Salvador, na Bahia, confirm...
Com experiência cervejeira e shows sertanejos, Car... O Jaguariúna Rodeo Festival chega à 29ª edição nes...
CLOSE
CLOSE