Alunos da oficina de grafite visitam galeria de arte de rua em São Paulo

Como parte da programação das oficinas de grafite promovidas pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, em parceria com a Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo e Instituto Poiesis, os alunos participaram de uma viagem à capital no dia 02 de setembro, com o intuito de conhecerem o “Beco do Batman”, local de encontro de grafiteiros e ponto turístico da cidade, que atrai centenas de pessoas.

Além dessa excursão, há previsão de nova viagem, dessa vez para a cidade de Atibaia, para que os alunos possam conhecer grafiteiros profissionais e desenvolverem ainda mais o lado criativo e expressivo desta arte.

O contato com as obras na rua ajuda os novos artistas a ampliar o olhar sobre a arte. Esse contato é ainda mais importante no grafite, que tem uma relação direta com o urbano, com as metrópoles. A experiência tem muito a acrescentar aos alunos da oficina”, comentou Washington Bortolossi, Secretário de Cultura e Turismo

O projeto tem como objetivo desenvolver o lado artístico dos alunos, trazendo o grafite como forma de expressão, além de desenvolver aulas práticas que visem valorizar a arte como obra cultural, esboçando sua história e suas particularidades.

A oficina ocorre desde agosto, todos os sábados, das 09h as 12h, no Conservatório Municipal ‘Profª Alba Panzarin Degani’. No total foram 33 inscritos, que no final receberão certificados pelo Instituto Poiesis. Ministradas por Leonardo Godoy, conhecido como“Leo Dogh”, as oficinas começaram em 05 de agosto e seguem até o dia 14 de outubro.

O Secretário Washington Bortolossi também falou sobre a relação entre o grafite e o combate à pichação. “A parceria com a Secretaria de Estado da Cultura nos permite realizar oficinas com diferentes focos. É muito importante incentivar também o grafite, que é muito diferente da pichação – pode ser até alternativa para ajudar a reduzir os casos de vandalismo de patrimônios públicos e privados. Agradecemos aos apoiadores do projeto, que tem colaborado demais para que a oficina possa acontecer”, completou.

Quanto aos materiais utilizados neste projeto, uma grande quantidade de tintas e materiais foram doados pela empresa Árbore Engenharia para a realização do curso, outra parte foi adquirido com a colaboração da Secretaria de Cultura e Turismo, com doações por admiradores do projeto.

Fotos: PMI

Sócio-proprietário do site e página Itatiba News e fotógrafo. Natural de Itatiba. Atua também na área de transportes executivos.
Comentários

Cleber Quintino

Sócio-proprietário do site e página Itatiba News e fotógrafo. Natural de Itatiba. Atua também na área de transportes executivos.

Recentes

Itatiba recebe 500 livros do Projeto Mundo da Leit... Neste mês de outubro, alunos da rede municipal de ...
Avenida Cel. Peroba recebe alterações na próxima s... A partir da próxima segunda-feira, dia 23 de outub...
Novo recurso do WhatsApp mostra aos amigos onde vo... O WhatsApp está recebendo um novo recurso que perm...
Estudo alerta para aumento nos casos de DSTs entre... Ser idoso já não significa falta de atividade, cal...

Populares

Polícia apreende três suspeitos de matar professor... Um jovem e dois adolescentes foram detidos em Jund...
Professora desaparecida em Itatiba é encontrada mo... Ana Maria Jericó, de 55 anos, desapareceu durante ...
Trio é preso após comentário sobre homicídio em re... Segundo a Polícia Militar, corpo da vítima foi enc...
Avenida Cel. Peroba recebe alterações na próxima s... A partir da próxima segunda-feira, dia 23 de outub...
Quadrilha planejava o maior roubo a banco do mundo... A criatividade dos assaltantes é digna de um filme...
CLOSE
CLOSE