Campinas registra primeiro caso de raiva em cão após 33 anos

O primeiro caso de raiva em cachorros em Campinas nos últimos 33 anos foi confirmado nesta segunda-feira (16) pela Prefeitura. O morador do Jardim Aeroporto, em Campinas, contraiu a doença após ajudar um cachorro que havia sido atropelado. A mordida do cão que morava nas ruas aconteceu na mão. Posteriormente, o animal foi recolhido pelo Departamento de Bem-Estar Animal, para observação e acabou morrendo no dia 31 de outubro.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o caso ocorreu em outubro. O animal foi recolhido e enviado para exame no Instituto Pasteur. Nesta segunda-feira (16), foi confirmado que o animal tinha raiva, contraída pelo morcego.
Foto: Divulgação

Especialista alerta para a importância da vacinação dos cães

Especialista alerta para a importância da vacinação dos cães

“O homem, de 31 anos, agiu corretamente, procurou uma Unidade de Saúde o mais rápido possível. Lá foi analisado o grau de exposição e encaminhado para o tratamento correto. Isso é muito importante para evitar que a doença se instale. Quando ele age é fatal”, ressaltou Tosca de Lucca, coordenadora da Unidade de Vigilância de Zoonose.

A Prefeitura informou que está orientando os moradores sobre o caso e instruindo a manterem os animais vacinados. “É muito importante que a população participe do controle dos casos vacinando seus animais, em qualquer época do ano. Caso encontre um morcego vivo ou morto em sua casa entre em contato pelo telefone 4524-8826 e se informe. O animal infectado tem hábitos diferentes, como voar baixo e bater em paredes e lugares diferentes”, alerta Lucca.
No ano passado houve também o registro de um caso em gato, na divisa de Campinas com Sumaré. A variante viral do cão não circula em São Paulo desde 1982, mas que hoje ainda circula o ciclo aéreo da raiva, em que o morcego infectado pode passar a doença para cães, gatos e humanos, por isso ele reforçou a importância de se manter a vacinação.
VACINA
Pelo menos sete cidades da Região Metropolitana de Campinas já anunciaram a suspensão da campanha de vacinação contra a raiva animal este ano por não terem recebido as doses do Ministério da Saúde: Campinas, Sumaré, Valinhos, Itatiba, Nova Odessa, Americana e Santa Bárbara D’Oeste. Segundo o Ministério da Saúde, as doses estão sendo enviadas primeiro para estados considerados prioritários e que fazem fronteira com outros países. Os demais estados, não prioritários, entre eles São Paulo, começam a receber as doses a partir de novembro.
Em Campinas, o planejamento da vacinação costuma ser feito entre os meses de abril e maio, com o objetivo de vacinar em outubro. Com a falta, a campanha deve ficar para 2016.

Por: Paulo Campos

Foto: Carlos Bassan

Sócio-proprietário do site e página Itatiba News e fotógrafo. Natural de Itatiba. Atua também na área de transportes executivos.
Comentários

Cleber Quintino

Sócio-proprietário do site e página Itatiba News e fotógrafo. Natural de Itatiba. Atua também na área de transportes executivos.

Recentes

Itatibense desaparece a caminho de Campinas Na manhã de ontem (02), uma mulher de Itatiba (SP)...
Vigia é morto a tiros em posto de combustíveis Na madrugada deste domingo (03), o vigia de um pos...
Agressividade Infantil Você sabe o que é uma criança agressiva? Sabe como...
Serra das rodovias Anchieta e Imigrantes tem lenti... A rodovia dos Imigrantes continua com tráfego ...
Polícia ainda investiga desaparecimento de mulher ... A Polícia Civil ainda investiga o caso da estetici...
Homem procura por proprietário de veículo causador... Na última quinta-feira (31/12), um veículo Fiesta ...
PM prende homem e apreende adolescentes por roubo ... Na tarde de ontem (30), a Polícia MIlitar prendeu ...

Populares

Polícia Militar fecha laboratório de drogas dentro... No local foram apreendidos 16 quilos de entorpecen...
Pedágios da região têm reajuste a partir deste sáb... Segundo a Artesp, nos últimos seis anos a receita ...
Novo ataque de ransomware começa a infectar comput... Um novo ataque de ransomware está infectando compu...
VOCÊ SABE O QUE É DISCALCULIA? por Adriana Ferreira  O DISTURBIO DAS OPE...
Rock Brasil em Itatiba Com 13 anos de história e após 7 anos longe da cid...
CLOSE
CLOSE