Dois meses após temporal, Itatiba não deu início às obras de reconstrução

Prefeitura diz que atraso ocorre por causa do tribunal de contas do estado.
Na época, governo ajudou município com quase R$ 3 milhões.

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) suspendeu a licitação da Prefeitura de Itatiba (SP) para obras de reconstrução de pontes e encostas do Ribeirão Jacaré, destruídas nos temporais de março e a prefeitura recorreu da decisão. Mas enquanto o impasse não é resolvido, os moradores e comerciantes do município reclamam dos prejuízos por causa da destruição e a demora para solucionar os problemas.

Após dois meses, as pontes que caíram por causa da chuva estão quase do mesmo jeito. Em março, pelo menos três temporais castigaram a cidade. Ruas e avenidas alagadas, casas e empresas com prejuízos.

A prefeitura decretou estado de emergência.O governo estadual ajudou com quase R$ 3,5 milhões para que reparos fossem feitos, como a reconstrução das pontes, por exemplo. Mas está tudo bem parecido com a época dos estragos.

A secretária de obras informou que a limpeza do Ribeirão Jacaré já começou, mas ela não deu prazos para as obras emergenciais, enquanto a prefeitura aguarda a decisão do tribunal de contas. Além da licitação suspensa, há outras três em andamento. Os prazos para a conclusão delas são entre os dias 20 de maio e 2 de junho.

Miguel Racz, dono de uma loja de produtos agropecuários que fica na rua entre as duas pontes que caíram, diz que por causa do incidente, clientes precisam dar uma grande volta pra chegar até o comércio. Isso no caso dos clientes fiéis, porque alguns deixaram de comprar no local, prejuízo que aumenta diáriamente. “Imediatamente após a queda das pontes, 35% no mínimo de queda e vai se persistir essa queda por conta da ausência de trânsito em frente à loja”, lamenta.

Água arrastou carros e causou transtornos aos moradores de Itatiba (Foto: Reprodução/TV TEM)

Além das pontes, as calçadas às margens do ribeirão são outro problema. A chuva derrubou, em vários pontos, um muro de proteção que fica entre a calçada e o local. O corretor de imóveis Giovane Tártari passa pela área diariamente e pensa qual solução seria a ideal. “Aa gente não sabe se há necessidade de licitação ou se é uma obra de emergência que poderia ser feita para resolver os problemas. Realmente, está muito difícil o acesso aqui principalmente no bairro que eu moro”, completa.

Proprietário de uma serralheria, Marcelo Franco de Camargo conta que durante os temporais de março, a água invadiu e atingiu mais de 1 metro de altura. O local foi limpo e o trabalho na serralheria, retomado, o que ele ainda não viu em algumas ruas da cidade. “Fecha o tempo, a gente olha para cima e já fica preocupado que pode acontecer de novo. A gente ter mais prejuízos ainda e até agora nada sendo feito”, diz.

De acordo com a prefeitura, o atraso ocorre porque o tribunal de contas do estado suspendeu, na semana passada, a primeira das quatro licitações que estão sendo feitas para a realização dessas obras. Uma das empresas concorrentes questionou o edital, alegando que alguns documentos não teriam sido apresentados por parte da prefeitura. A secretária de obras Andréia Cruz Sanfins diz que respondeu ao tribunal de contas e agora aguarda a resposta para que a licitação seja retomada.

“Com essa suspensão temporária a gente vai até o local, vamos melhorar a sinalização, melhorar uma questão de segurança para eles. Agora, a gente vai ter que realmente correr naquela parte, fazer toda a manutenção que tiver ao alcance da prefeitura a para poder melhorar a situação deles lá embaixo”, finaliza a secretária.

Água invadiu ruas de Itatiba (Foto: Arquivo pessoal)

Água invadiu ruas de Itatiba (Foto: Arquivo pessoal)

Fonte: G1

Veja a reportagem completa em : http://g1.globo.com/sao-paulo/sorocaba-jundiai/noticia/2016/05/dois-meses-apos-temporal-itatiba-nao-deu-inicio-obras-de-reconstrucao.html

Técnico em Informática, Bacharel em Ciência da Computação. Natural de Itatiba/SP.

Email: brunomezzalira@itatibanews.com

Comentários

Bruno Mezzalira

Técnico em Informática, Bacharel em Ciência da Computação. Natural de Itatiba/SP. Email: brunomezzalira@itatibanews.com

Recentes

Gasolina pode ficar até R$ 0,41 mais cara na bomba... BRASÍLIA - Com a decisão do governo de aumentar o ...
VOCÊ SABE O QUE É DISCALCULIA? por Adriana Ferreira  O DISTURBIO DAS OPE...
Prefeitura realiza trabalhos de campo no combate a... Seguindo a programação das ações de combate a deng...
Ministro Edson Fachin manda soltar ex-deputado Rod... Ex-assessor de Temer foi flagrado recebendo R$ 500...

Populares

Pedágios da região têm reajuste a partir deste sáb... Segundo a Artesp, nos últimos seis anos a receita ...
Novo ataque de ransomware começa a infectar comput... Um novo ataque de ransomware está infectando compu...
VOCÊ SABE O QUE É DISCALCULIA? por Adriana Ferreira  O DISTURBIO DAS OPE...
Rock Brasil em Itatiba Com 13 anos de história e após 7 anos longe da cid...
Temer é o primeiro presidente a responder por crim... O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de...
CLOSE
CLOSE