Estudante de 21 anos morre esfaqueado em festa na Unicamp

O universitário Denis Papa Casagrande, de 21 anos, morreu na madrugada deste sábado após ser esfaqueado numa festa na Unicamp, em Campinas (São Paulo). Denis cursava o segundo ano de engenharia de controle e automação (mecânica) e foi atingido durante uma briga no campus de Barão Geraldo.

Ele chegou a ser socorrido pelo Samu, mas não resistiu aos ferimentos. Em nota, a Unicamp lamentou o ocorrido, afirmou que a festa não era autorizada e que vai apurar o caso.

“A Unicamp tomará providências administrativas para apurar as circunstâncias do ocorrido e identificar os responsáveis pela festa realizada sem autorização da instituição bem como a participação de pessoas estranhas à comunidade acadêmica”, diz a nota.

As primeiras informações são de que o jovem foi atingido durante uma briga, que ocorreu no Ciclo Básico da universidade. Outro estudante, Anderson Marcelino Ferreira Mamede de 20 anos, também sofreu ferimentos. Ele foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado para o HC da Unicamp, onde permanece sob cuidados médicos com quadro de saúde estável. Denis também foi socorrido pelo serviço de emergência, mas não resistiu.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima é de Piracicaba, mas morava em uma república próximo à universidade. Segundo o G1, o corpo da vítima ainda não foi liberado para nenhuma funerária da cidade natal do jovem.

O Samu disse que o serviço foi acionado às 3h35m para socorrer uma vítima de espancamento e com ferimentos à faca no local. Denis teria sido socorrido pelo Samu e encaminhado para o Hospital de Clínicas da Unicamp, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo a nota da Unicamp, consta dos registros de vigilância interna da universidade que, no início da festa, ainda na noite de sexta-feira, o campus foi invadido pelos participantes, que “avançaram com seus carros sobre as barreiras colocadas nas portarias 1 e 4 e sobre os vigilantes que tentaram barrar sua passagem”.

A vigilância da universidade declarou que pediu ajuda à PM e à Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) para controlar o problema, mas não foi atendida.

A morte de Denis, diz a nota, ocorreu por volta das 4h deste sábado. A universidade lembra que festas dentro do campo precisavam ser previamente autorizadas, o que não ocorreu. Os participantes correm risco de sofrer punições disciplinares, afirma a nota.

Sócio-proprietário do site e página Itatiba News e fotógrafo. Natural de Itatiba. Atua também na área de transportes executivos.
Comentários

Cleber Quintino

Sócio-proprietário do site e página Itatiba News e fotógrafo. Natural de Itatiba. Atua também na área de transportes executivos.

Recentes

É rejeitado projeto sobre divulgação de alvarás... Nesta quarta (13), na 33ª Sessão Ordinária da Câma...
Defesa pede liberdade para os irmãos Wesley e Joes... Por: Décio Trujilo   A defesa dos empresá...
Grendacc ganha RaiosX Portátil que tornará atendim... O Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer)...
Com experiência cervejeira e shows sertanejos, Car... O Jaguariúna Rodeo Festival chega à 29ª edição nes...

Populares

Obras contra enchentes alteram trânsito próximo ao... Com o objetivo de aumentar a vazão das águas do Ri...
Vacinação contra meningite C e HPV começa dia 11... A partir do dia 11 de setembro começa em todo o pa...
Confira a programação da Semana da Pátria 2017 A Prefeitura de Itatiba, por meio da Secretaria da...
Naufrágio em Salvador deixa ao menos 22 mortos; go... O 2° Distrito Naval de Salvador, na Bahia, confirm...
Com experiência cervejeira e shows sertanejos, Car... O Jaguariúna Rodeo Festival chega à 29ª edição nes...
CLOSE
CLOSE