Feriado deve reunir milhares de pessoas em manifestações pelo país

O feriado em comemoração ao Dia da Independência deve reunir milhares de pessoas em protestos por todo o país. Eles se organizaram principalmente por meio das redes sociais, a exemplo das manifestações que ocuparam as principais cidades brasileiras em junho e julho. Nas páginas na internet em que são articulados os movimentos, a menção é que hoje (7) vai ocorrer “a maior manifestação da história do Brasil”, com a confirmação de presença de quase 400 mil pessoas em todo o país.

Pelo Facebook, há comunidades e eventos de vários grupos – Anonymous Brasil, Isto é Brasil, Brasil Contra Corrupção, Quero o Fim da Corrupção, AnonymousBR, Plano Anonymous Brasil, Povo Brasileiro, AnonOpsBrazil, Positive Vibrations, entre outros. Foram criadas hashtags para o dia, como a #OperaçaoSeteDeSetembro e #Op7, que podem ser usadas no Twitter e no Instagram para facilitar as buscas. A maioria das manifestações começa agora de manhã.

A pauta de reivindicações se assemelha à de meses atrás. São demandas mais gerais, como o fim da corrupção, a insatisfação em relação ao governo do Partido dos Trabalhadores (PT), a reforma política e a melhoria dos serviços públicos. Há questões mais recentes, como a prisão dos condenados pela Ação penal 470, o processo do mensalão, a saída do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o voto aberto nas deliberações do Congresso.

O temor, no feriado deste ano, é em relação a atos de violência e de vandalismo que podem ocorrer em meio às comemorações cívicas ou às manifestações. Órgãos de inteligência do governo monitoraram a internet ao longo do mês para rastrear movimentações de pessoas com o objetivo de incitar esse tipo de protesto – como a depredação de locais públicos e ataques a policiais -, como ocorreu em manifestações anteriores  O objetivo é agir de forma a evitar maiores tumultos.

Medidas de segurança vêm sendo tomadas e a população foi alertada para cooperar com o policiamento nas ruas e nos locais de eventos. As pessoas estão sendo orientadas a não levar bolsas e mochilas, que deverão ser revistadas, e a não usar máscaras no rosto ou qualquer outra coisa que impeça a identificação. O manifestante que se recusar a mostrar o rosto e se identificar deverá ser levado a uma delegacia para que isso seja feito. Se necessário, a pessoa poderá ficar detida até que a identificação seja feita.

Em Brasília, é esperado um fluxo de cerca de 150 mil pessoas ao longo do dia, devido às manifestações, ao desfile de 7 de Setembro, na Esplanada dos Ministérios, e ao amistoso entre as seleções do Brasil e da Austrália, às 16h, no Estádio Nacional Mané Garrincha. Em redes sociais, as confirmações de presença chegam a 28 mil pessoas. A expectativa da secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal é de que entre 40 e 50 mil pessoas participem dos protestos – fluxo que irá se somar às 30 mil esperadas para o desfile cívico de 7 de Setembro, com a presença da presidenta Dilma Rousseff e de outras autoridades. Para o jogo de futebol, o público deverá ser de 68 mil pessoas.

A concentração para as manifestações está marcada para a praça do Museu da República, com caravanas, inclusive de outros estados. Todos esses eventos ocorrerão em um raio de 5 quilômetros, que será monitorado por aproximadamente 6,2 mil agentes de segurança – entre policiais militares, policiais civis, bombeiros e agentes de trânsito.

Na capital, também haverá o 19º Grito dos Excluídos: Juventude que Ousa Lutar, Constrói o Projeto Popular, mobilização promovida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), com o objetivo de protestar contra a desigualdade, o desemprego, a fome, e propor meios alternativos ao modelo econômico e social atual.

Em São Paulo, o principal ato, na Avenida Paulista, tem 20 mil confirmações de presença em páginas na internet. Em outras cidades, no litoral e interior, também há manifestações previstas. No Rio, o protesto será na Cinelândia, onde são esperadas cerca de 16 mil pessoas. Na Região Sudeste, estão previstas manifestações em Belo Horizonte (com a expectativa de 13,4 mil pessoas) e Vitória (7,2 mil pessoas).

Na Região Sul, Florianópolis (3,2 mil pessoas), Curitiba (9,7 mil pessoas) e Porto Alegre (4,8 mil pessoas) têm protestos programados.  No interior dos estados, também haverá manifestações. Na Região Centro-Oeste, além do Distrito Federal, Goiânia (11,1 mil pessoas) e Cuiabá (6,4 mil pessoas) se mobilizaram por meio das redes sociais para o 7 de Setembro.

No Norte, Rio Branco (1,7 mil pessoas), Macapá (600 pessoas), Manaus (4,6 mil pessoas), Belém (400 pessoas), Porto Velho (1,3 mil pessoas) e Palmas (70 pessoas) organizaram manifestações. No Nordeste, os protestos se concentrarão principalmente nas capitais – Maceió (2,2 mil pessoas), Salvador (10,5 mil pessoas), Fortaleza (9,8 mil pessoas), São Luís (2,2 mil pessoas), João Pessoa (3,1 mil pessoas), Recife (8,5 mil pessoas), Teresina (800 pessoas), Natal (1,5 mil pessoas) e Aracaju (1,5 mil).

 

 CIDADE PÚBLICO CONFIRMADO VIA REDES SOCIAIS HORA E LOCAL DA CONCENTRAÇÃO
Brasília 30 mil pessoas 7h, praça do Museu da República
São Paulo 20 mil 14h, Avenida Paulista
Rio de Janeiro 20  mil 7h30, Cinelândia
Belo Horizonte 14 mil 8h, Praça 7 de Setembro
Vitória 8 mil 14h, Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Avenida Fernando Ferrari
Porto Alegre 5 mil 9h, prefeitura municipal de Porto Alegre
Florianópolis 5 mil 14h, terminal de integração do Centro (Ticen)
Curitiba 10 mil 14h, Praça Santos Andrade e Praça Tiradentes
Rio Branco 2 mil 8h, Avenida Amadeo Barbosa
Macapá 600 16h, Praça da Bandeira
Manaus 5 mil 16h, Largo de São Sebastião
Belém 300 8h, Mercado de São Braz; 14h, Praça da República
Porto Velho 1,3 mil 16h, Avenida Imigrantes, esquina com a Avenida Rio Madeira
Boa Vista 200 16h, Portal do Milênio, na Praça das Águas
Palmas 100 14h, Praça dos Girassóis
Maceió 2,2 mil 8h30, Jaraguá
Salvador 11 mil 14h, Dique do Tororó, em Campo Grande
Fortaleza 10 mil 14h, Dragão do Mar
São Luís 2,1 mil 9h, Parque do Bom Menino

João Pessoa  1 mil  10h, Avenida Getúlio Vargas, colégio Lyceu Paraibano

Recife 9 mil  14h, coreto da Praça do Derby
Teresina 800  14h, Avenida Frei Serafim
Natal  2 mil  8h, Praça Cívica de Natal
Aracaju 1,5 mil  9h, Praça Fausto Cardoso
Goiânia 11 mil  9h, Avenida Goiás com Anhanguera; 14h, Praça Cívica, na rua Quatro
Cuiabá 6,4 mil  8h, Praça dos Bandeirantes
Por Agência Brasil
Sócio-proprietário do site e página Itatiba News e fotógrafo. Natural de Itatiba. Atua também na área de transportes executivos.
Comentários

Cleber Quintino

Sócio-proprietário do site e página Itatiba News e fotógrafo. Natural de Itatiba. Atua também na área de transportes executivos.

Recentes

É rejeitado projeto sobre divulgação de alvarás... Nesta quarta (13), na 33ª Sessão Ordinária da Câma...
Defesa pede liberdade para os irmãos Wesley e Joes... Por: Décio Trujilo   A defesa dos empresá...
Grendacc ganha RaiosX Portátil que tornará atendim... O Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer)...
Com experiência cervejeira e shows sertanejos, Car... O Jaguariúna Rodeo Festival chega à 29ª edição nes...

Populares

Obras contra enchentes alteram trânsito próximo ao... Com o objetivo de aumentar a vazão das águas do Ri...
Vacinação contra meningite C e HPV começa dia 11... A partir do dia 11 de setembro começa em todo o pa...
Confira a programação da Semana da Pátria 2017 A Prefeitura de Itatiba, por meio da Secretaria da...
Naufrágio em Salvador deixa ao menos 22 mortos; go... O 2° Distrito Naval de Salvador, na Bahia, confirm...
Com experiência cervejeira e shows sertanejos, Car... O Jaguariúna Rodeo Festival chega à 29ª edição nes...
CLOSE
CLOSE