HERANÇA DE DÍVIDAS CANCELA CARNAVAL DE MORUNGABA

A gestão do novo prefeito da Estância Climática de Morungaba, Marquinho de Oliveira (2017-2020) herdou uma dívida, de curto prazo, da administração passada, de aproximadamente 2 milhões e 700 mil reais e outra, antiga, de longo prazo, de cerca de 8 milhões. Somadas, as dívidas chegam a  a cerca de 11 milhões e 100 mil reais.

“Diante disso, vamos priorizar basicamente áreas essenciais, como o pagamento de serviços do hospital de pronto atendimento (R$ 450 mil de débito em atraso) e o de exames laboratoriais (R$ 70 mil), ainda suspensos. A Prefeitura, assim, não promoverá Carnaval de rua este ano”, disse, em entrevista coletiva à imprensa, segunda-feira, 9 de janeiro.

O prefeito reuniu, além da imprensa, vereadores, funcionários da Prefeitura e pessoas da comunidade, a quem pediu que repercutam a real situação da estância, esclarecendo que, em razão da crise na economia brasileira, os problemas financeiros atingem todos os municípios.

Marquinho de Oliveira, acompanhado do vice-prefeito Luís Fernando Miguel e do diretor de Administração, Carlos Adriano Frare, detalhou que, somadas, as dívidas de curto e longo prazos chegam a R$ 11,1 milhões, enquanto o município tem uma previsão de orçamento de aproximadamente R$ 40 milhões.  A dívida de curto prazo precisa ser paga durante este ano; a de longo, refere-se especialmente à determinação da Justiça para o pagamento de desapropriação de área para casas do Bairro do Brumado, ainda na década de 1980.

Na realidade, conforme explicou Adriano Frare (Administração), a nova gestão assumiu a Prefeitura com um déficit financeiro de R$ 2,7 milhões. “A Prefeitura fechou suas contas em 2016 com uma dívida total de R$ 4,4 milhões e um saldo de R$ 1,8 milhão, o que deixa os R$ 2,7 milhões de restos a pagar, sem lastro financeiro. As dívidas de curto e longo prazo, somadas, chegam a R$ 11,1 milhões”, esclareceu o diretor da Prefeitura.

REVISAR CONTRATOS

Além de suspender eventual participação no Carnaval, o prefeito de Morungaba anunciou que a administração vai revisar todos os contratos de fornecedores, cancelar os que não forem de serviços essenciais, fazer uma reforma administrativa e aumentar o controle sobre as despesas públicas, como água e luz.

“Só no Ginásio Municipal de Esportes “Luiz Seraphim”, o município gastou R$ 38 mil de água em 2016. Já no Posto de Saúde do Bairro dos Silvas, que está desativado, a Prefeitura está gastando em média R$ 500 por mês de energia elétrica”.

Do total de 89 veículos da frota da Prefeitura, 31 estão quebrados. “E muitos dos que funcionam precisam de revisão urgente, como troca de óleo de motor”, destacou Marquinho de Oliveira.

O prefeito já se reuniu com a Sabesp – empresa de água e saneamento -, para ter ajuda na contenção de vazamentos.

MUTIRÃO

Paralelamente, a Prefeitura prepara campanha de “mutirão” para limpeza da cidade. “Se nossos moradores nos ajudarem a limpar o mato de suas próprias calçadas, a gente já tem muito a agradecer. Fico contente porque, como comentamos este assunto na semana passada, o Grupo Família Nordestina Solidária já se mobiliza para nos ajudar na limpeza de escolas. Amigo da cidade, Horacílio Dedin se prontificou a ceder empregados para colaborar, pois se diz chocado com a situação que viu nas visitas que fizemos aos próprios públicos. Muitas famílias já postam em rede sociais fotos mostrando que estão cuidando das ruas”.

ESCOLAS

Nas escolas, o estado de abandono é preocupante. “O Grupo Escolar Antônio Rodrigues da Silva, por exemplo, é quase um caso de interdição. A escola “Amélia Fúria”, na Vila Mariana, tem vazamento de água que, em dias de chuva, obriga as crianças a fazerem a merenda praticamente dentro da sala de aula. Lá, tem grande estoque de livros, enquanto se gasta com sistema de apostilas, o que vamos rever. Por cerca de dois anos a manutenção das escolas foi esquecida. Além disso, o sistema de merenda teve seu custo muito elevado, ao ser terceirizado”.

Marquinho de Oliveira acrescenta que “está prefeito” e pede a colaboração da população. “O dinheiro da Prefeitura não é meu; é nosso, é de quem paga imposto. As dívidas são de todos os cidadãos. Morungaba está cheia de mato em tudo quanto é canto. O pessoal da Prefeitura já está trabalhando, vai cuidar da limpeza das margens do ribeirão e capina também no cemitério. A situação é difícil, pois temos fornecedores que não recebem há sete meses. Ao mesmo tempo, a Prefeitura aluga quatro prédios, mas vamos procurar utilizar os que temos disponíveis”.

O prefeito de Morungaba revelou que a Prefeitura vai notificar todos os proprietários de terrenos para os mantenham conservados, como manda a legislação municipal.  O descaso é passível de multa. “Todos, todos mesmo, vão ser notificados”.

INVESTIMENTOS

Na entrevista coletiva, Marquinho de Oliveira destacou que Morungaba vai se manter aberta, na economia, para atrair investimentos para a estância. “Contamos ainda com uma mudança de regulamentação do Dade – departamento de apoio às estâncias do Governo do Estado – que dedicará parte de verba para custeio de eventos. É uma decisão esperada para o final deste mês”.

O prefeito de Morungaba também lembrou que, apesar das dificuldades iniciais, tem quatro anos para ser avaliado pela população. “Dá para fazer um bom trabalho. Agora, vamos seguir em frente”, completou.

VEREADORES

Estiveram presentes na entrevista coletiva do prefeito, os vereadoes Júlio César de Moraes,  presidente da Câmara Municipal; Antonio Ricardo P. de Oliveira, Antonio Salvador Marques, Igor de Godoy, Luís Carlos de Lima, Reinaldo Benedito Barbosa, Tiago da Costa Larangeira e Tomás Pedro Bom Joanni Federicci. Os vereadores Richard Ishicava e Tiago da Costa Laranjeira, ausentes, estavam em outros compromissos, mas compareceram, depois,  em abertura de evento esportivo.

por: Assessoria de Comunicação

Sócio-proprietário do site e página Itatiba News e fotógrafo. Natural de Itatiba. Atua também na área de transportes executivos.
Comentários

Cleber Quintino

Sócio-proprietário do site e página Itatiba News e fotógrafo. Natural de Itatiba. Atua também na área de transportes executivos.

Recentes

Sessão de amanhã (18) terá três matérias em segund... A 38ª Sessão Ordinária do Legislativo Itatibense, ...
COMO VAI SUA COMUNICAÇÃO COM AS PESSOAS QUE TE RO... Com o avanço da tecnologia e dos diferentes e novo...
Itatiba tem bom desempenho no JORI de Sertãozinho A delegação da Prefeitura de Itatiba encerrou no ú...
Sucesso entre os “hopifãs”, Hora do Ho... Com a grande aprovação do público do parque de div...

Populares

Polícia apreende três suspeitos de matar professor... Um jovem e dois adolescentes foram detidos em Jund...
Professora desaparecida em Itatiba é encontrada mo... Ana Maria Jericó, de 55 anos, desapareceu durante ...
Trio é preso após comentário sobre homicídio em re... Segundo a Polícia Militar, corpo da vítima foi enc...
Quadrilha planejava o maior roubo a banco do mundo... A criatividade dos assaltantes é digna de um filme...
Itatiba mapeia nascentes e identifica Nascente Mod... A nascente é o afloramento do lençol freático que ...
CLOSE
CLOSE