OPERAÇÃO VERÃO Bombeiros realizam treinamento de resgate aquático

Na segunda-feira, dia 21 de outubro, os Bombeiros de Itatiba realizaram um treinamento de resgate aquático no lago do Parque Luís Latorre. A capacitação faz parte das atividades normais da corporação, que está sempre se preparando para atender a população em casos de emergência, e também serve como preparação para a Operação verão, que começa no dia 1º de dezembro. “Os bombeiros de Itatiba são profissionais dedicados e estão sempre se aprimorando. Quem ganha é a população, que conta com um serviço capacitado e eficiente”, comentou o Prefeito João Fattori. Possuir um serviço preparado garante a resiliência da cidade, que fica apta a atuar em casos não só de emergência, mas também em casos de desastres naturais.

 

O treinamento de resgate aquático é importante, pois com a chegada do verão, no período entre novembro e março, é comum aumentar o número de banhistas em piscinas e rios. E os acidentes com afogamentos ocorrem principalmente devido à imprudência dos banhistas. Por isso, a população deve ser orientada a evitar riscos desnecessários, além de se informar sobre como prevenir acidentes.

Em piscinas, é aconselhável que as pessoas usem apenas clubes que tenham o certificado de vistoria do Corpo de Bombeiros e Guarda Vidas. É importante também evitar nadar sozinho. Muitas vezes, uma cãibra ou um cansaço pode fazer uma pessoa perder a força e se afogar.

O risco é maior em rios, principalmente devido à força da correnteza e também pela profundidade.

 

As crianças devem evitar brincadeiras de mau gosto, como ‘caldos’, ‘trotes’ ou ‘saltos’. A profundidade de um rio ou de uma piscina muitas vezes é pequena e saltos podem machucar ou até contribuir para um possível afogamento. Os conhecidos ‘trotes’ e ‘caldos’ podem também serem fatores de risco para afogamento, principalmente para crianças pequenas. Essas dicas valem também para lagos e lagoas. Qualquer lugar, sem a devida sinalização, oferece risco.

 

É necessário que o banhista tenha conhecimento do trecho da água que ele vai entrar. Quem presenciar um afogamento não deve se jogar na água e sim buscar algum material – como corda – para jogar no rio e tentar puxar a vítima. Ao sair da água, deve-se colocar a vítima de lado para que ela libere a água. Se a retirada da vítima não for possível, deve-se solicitar imediatamente ajuda do Corpo de Bombeiros, que pode ser contatado através do telefone 193.
Algumas dicas importantes:

 

– Conheça bem o local escolhido para nadar, atente para as sinalizações por placas colocadas para alertar do perigo. Se existir a placa, o banho é proibido.

– Não superestime sua capacidade física, na água ela é insegura.

– Evite nadar sozinho, tenha sempre companhia. Pode ser o seu socorro.

– Procure as áreas destinadas a banhistas, seus riscos são menores.

– Não consuma bebidas alcoólicas e alimentos pesados antes de nadar.

– Após as refeições faça um repouso mínimo de três horas antes de nadar.

– Ao sentir dificuldade, não deixe de pedir socorro.

– Sempre nade paralelo e próximo à margem.

– Se entrar em uma correnteza, nade transversalmente a ela e não contra. Peça socorro e procure manter a calma.

– Não nade em cavas, cachoeiras e rios.

– Os banhistas que sabem nadar também devem estar atentos. Muitos se afogam por acreditarem que conhecem o local.

– Ao identificar um caso de afogamento, não tente nada heróico, chame por socorro.

– Para salvamento prefira cordas, galhos e bóias.

– Se não houver tempo para aguardar o socorro, procure por alguém próximo que tenha experiência com a água. Peça que a vítima fique de costas para você e evite que ela o agarre para evitar que ambos se afoguem.

– Ao andar de barco, caiaque, lancha ou jet-ski use sempre equipamentos de segurança, sobretudo coletes salva-vidas.

– Nunca deixe bebês sozinhos no banho ou que crianças pequenas brinquem sozinhas próximo a piscinas, rios, açudes, riachos, lagos ou praias.

– Nas crianças bóia de braço não é segurança. Apenas 2,5 cm de água são suficientes para afogar uma criança.

– Boa parte dos afogamentos acontecem por distrações de apenas 10 segundos, por isso é necessário redobrar os cuidados.

– Cuidado com os mergulhos. Os braços esticados não impedem que você bata com a cabeça. Os saltos de pontes, árvores e barrancos estão associados a um risco maior desse tipo de acidente, porque quanto maior for a altura do salto, maior é a força com que seu corpo vai se chocar contra algum obstáculo embaixo d’água.

 

Foto: Edson Godoy

Foto: Edson Godoy

O afogamento é a sufocação por um fluído, geralmente a água. A conseqüência mais importante do afogamento é o encharcamento dos pulmões impedindo a respiração e reduzindo o nível de oxigênio no sangue, podendo levar a parada cardíaca.

Cuidados no local:

– Retirar a vítima do local do afogamento.

– Chamar os bombeiros pelo 193.

– Realizar reanimação se necessário e tiver formação.

– Não se deve colocar a vítima de cabeça para baixo porque pode vomitar e aspirar o vomito para os pulmões.

A maioria das vítimas de afogamento apresenta hipotermia.

Sócio-proprietário do site e página Itatiba News e fotógrafo. Natural de Itatiba. Atua também na área de transportes executivos.
Comentários

Cleber Quintino

Sócio-proprietário do site e página Itatiba News e fotógrafo. Natural de Itatiba. Atua também na área de transportes executivos.

Recentes

É rejeitado projeto sobre divulgação de alvarás... Nesta quarta (13), na 33ª Sessão Ordinária da Câma...
Defesa pede liberdade para os irmãos Wesley e Joes... Por: Décio Trujilo   A defesa dos empresá...
Grendacc ganha RaiosX Portátil que tornará atendim... O Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer)...
Com experiência cervejeira e shows sertanejos, Car... O Jaguariúna Rodeo Festival chega à 29ª edição nes...

Populares

Obras contra enchentes alteram trânsito próximo ao... Com o objetivo de aumentar a vazão das águas do Ri...
Vacinação contra meningite C e HPV começa dia 11... A partir do dia 11 de setembro começa em todo o pa...
Confira a programação da Semana da Pátria 2017 A Prefeitura de Itatiba, por meio da Secretaria da...
Naufrágio em Salvador deixa ao menos 22 mortos; go... O 2° Distrito Naval de Salvador, na Bahia, confirm...
Com experiência cervejeira e shows sertanejos, Car... O Jaguariúna Rodeo Festival chega à 29ª edição nes...
CLOSE
CLOSE