Professora desaparecida em Itatiba é encontrada morta em Nazaré Paulista

Ana Maria Jericó, de 55 anos, desapareceu durante trajeto de 10 minutos, entre a casa do irmão e a casa dela. Polícia investiga a motivação. Ninguém foi preso.

O corpo de uma professora de 55 anos foi encontrado na manhã desta terça-feira (3) próximo à represa de Nazaré Paulista (SP). A vítima e o carro dela desapareceram na noite desta segunda-feira (2) em Itatiba (SP). Os cartões de crédito da professora foram usados para saques e em um posto de gasolina. A polícia investiga o caso, mas não descarta nenhuma possibilidade.

De acordo com a irmã da vítima, Sandra Regina, a professora Ana Maria Jericó assistiu uma palestra e, depois do evento, deu carona para ela e o irmão. “Ela me deixou, deixou mais duas pessoas e deixou meu irmão. No trajeto de 10 minutos entre as duas casas ela desapareceu”, contou.

No início da manhã desta terça-feira, a neta da vítima ligou para Sandra e perguntou sobre a avó, que não tinha retornado para casa. Elas foram para a delegacia registrar a ocorrência e começaram as buscas.

Simultaneamente, em Nazaré Paulista, cerca de 60 quilômetros de Itatiba, moradores encontraram o corpo da professora às margens da represa, na altura do km 49 da rodovia Dom Pedro 1º. De acordo com a Polícia Civil, não havia sinais aparentes de violência no corpo.

Segundo a Polícia Militar, o cartão de crédito da vítima foi utilizado para saques e em um posto de combustível. O carro da professora desapareceu. A vítima foi encontrada com os documentos, a aliança e um relógio avaliado em cerca de R$ 3 mil.

“Por enquanto não descartamos nenhuma possibilidade do que possa ter acontecido. Os policiais estão na rua”, disse a delegada responsável pelo caso, Nágya Cassia de Andrade. O corpo da mulher foi levado para o IML, que vai identificar a causa do óbito.

A família disse também que não suspeita do que possa ter causado a morte. “Imagina uma pessoa de luz, bondosa, carinhosa e muito tranquila, era minha irmã. Todas as pessoas gostavam muito dela, inclusive ela deu aula para a metade da cidade. Nada vai trazer a minha irmã de volta, mas eu quero que os autores sejam presos”, disse Sandra.

Via G1

Técnico em Informática, Bacharel em Ciência da Computação. Natural de Itatiba/SP.

Email: brunomezzalira@itatibanews.com

Comentários

Bruno Mezzalira

Técnico em Informática, Bacharel em Ciência da Computação. Natural de Itatiba/SP. Email: brunomezzalira@itatibanews.com

Recentes

Itatiba recebe 500 livros do Projeto Mundo da Leit... Neste mês de outubro, alunos da rede municipal de ...
Avenida Cel. Peroba recebe alterações na próxima s... A partir da próxima segunda-feira, dia 23 de outub...
Novo recurso do WhatsApp mostra aos amigos onde vo... O WhatsApp está recebendo um novo recurso que perm...
Estudo alerta para aumento nos casos de DSTs entre... Ser idoso já não significa falta de atividade, cal...

Populares

Polícia apreende três suspeitos de matar professor... Um jovem e dois adolescentes foram detidos em Jund...
Trio é preso após comentário sobre homicídio em re... Segundo a Polícia Militar, corpo da vítima foi enc...
Avenida Cel. Peroba recebe alterações na próxima s... A partir da próxima segunda-feira, dia 23 de outub...
Quadrilha planejava o maior roubo a banco do mundo... A criatividade dos assaltantes é digna de um filme...
CLOSE
CLOSE