Teatro “O Príncipe da Maçonaria”

Quando começou- O grupo começou em janeiro de 2008.

 

Quem fundou- Maria cecília cyrino more

ira

 

Qual era a ideia inicial- A idéia inicial era trabalhar com peças espiritas, porém com a pesquisa da Unicamp de circo teatro de uns integrantes cativou o grupo que era o resgate de peças que eram feitas antigamentes dentro do grupo!

 

Qual o foco da peças que voces fazem- São peças de circo teatro, um resgate ao tipo de humor que era feito dentro do circo antingamente.

 

Quantos componentes tem- São 6 atores e mais 2 técnicos e 2 musicos -10

 

Conta com a ajuda cultural de algum projeto especifico-No momento não a produção é nossa mas para 2015 correremos atrás das leis de incentivo e de um produtor local para vende-la.

 

Quais as peças que mais tiveram a participação do publico- A primeira montagem que foi a Noiva do defunto!! essa fez temporada de 8 apresentações no teatro Ralino e sempre super lotado.

 

Esta que será paresentada no dia 8 fala sobre o que:

O Príncipe da Maçonaria é uma peça de circo teatro comédia que fala sobre dois pe

Esta que será paresentada no dia 8 fala sobre o que:

O Príncipe da Maçonaria é uma peça de circo teatro comédia que fala sobre dois personagens Paulinho e Petrônio (genro e sogro respectivamente), que estão acostumados a enganar a suas esposas para irem para a farra,  para a festa…

Eles dão como desculpa para as suas faltas noturnas os encontros nas lojas Maçônicas. Em meio às justificativas que os dois criam para irem para as farras surge a figura do Palhaço Bico Doce Falado para atiçar as brigas entre os casais.

 

SINOPSE

Paulinho é um bom malandro metido a galã que está acostumado a ir para as noitadas.  O seu sogro, o senhor Petrônio um “maçom”, que adora também uma boa farra resolve visitar a sua filha Dete, esposa de Paulinho. A Confusão está armada quando os dois dão a mesma desculpa para suas escapadas noturnas .  Então surge uma figura que vai apimentar ainda mais esta estória .

Esse é o ponto de partida da Comédia  “O Príncipe da Maçonaria“  da Companhia Mensageiros da Arte de Itatiba, que  segue no resgate da teatralidade circense e promete arrancar boas gargalhadas de todos.

 

è a primeira vez que será apresentada, se não a quanto tempo ela ja vem sendo exibida:

Por nosso grupo é a primeira vez mas já existe umas duas montagens dela por outros grupos.

 

Qual o tempo de duração da peça:1 hora

Indicado para que idade- livre

Mais informações poderão ser obtidas em que telefone?

989643792 ou 45342518.

10653662_10152478424989541_3232564908037571703_n

Sócio-proprietário do site e página Itatiba News e fotógrafo. Natural de Itatiba. Atua também na área de transportes executivos.
Comentários

Cleber Quintino

Sócio-proprietário do site e página Itatiba News e fotógrafo. Natural de Itatiba. Atua também na área de transportes executivos.

Recentes

PM prende homem e apreende adolescentes por roubo ... Na tarde de ontem (30), a Polícia MIlitar prendeu ...
Mulher desaparecida em Itatiba é encontrada Na noite desta quarta-feira (30), a esteticista Ma...
GM apreende veículos roubados durante patrulhament... Na noite de ontem (28), o GAP (Grupo de Apoio ao P...
Idoso de Itatiba perdido em Frutal procura familia... Um idoso sem documentos pessoais encontra-se perdi...
Homem é morto a tiros dentro de residência Na noite de ontem (26), um homem foi morto a tiros...
Veículo é furtado dentro de Condomínio Residencial... Um veículo Uno branco (placa CEJ-1548), foi furtad...
PM apreende motocicletas e rádios comunicadores du... Na manhã desta quinta-feira (24), a Polícia Milita...

Populares

Mulher é vítima de sequestro relâmpago e estupro... Nesta sexta-feira, 04/12, por volta das 12h10, uma...
Mulher desaparecida em Itatiba é encontrada Na noite desta quarta-feira (30), a esteticista Ma...
Caminhão perde freio e colide com carro Nesta sexta-feira, 04/12, por volta das 15h35, um ...
Homem é vítima de homicídio em Itatiba Na madrugada desta quarta-feira (16), por volta da...
Boato sobre tentativas de sequestro se espalham pe... Trata-se de mais um boato, a história que circula ...
CLOSE
CLOSE