WhatsApp: saiba os riscos de usar a VPN no smartphone

A suspensão do aplicativo WhatsApp em todo o Brasil tem feito diversos usuários recorrerem a aplicativos de VPN para conseguir driblar a proibição e continuar a se comunicar por meio do serviço.

A VPN (Virtual private network – rede virtual privada) é uma ferramenta que pemite o tráfego de dados por um caminho privativo na web. Na navegação comum, por exemplo, quando um endereço de site está com o início “https://”, em vez de “http://”, significa que esta é uma conexão segura, na qual se estabelce uma VPN entre o seu computador e o servidor do site que você está acessando. “Se alguém observar o fluxo de dados entre vocês de fora, não consegue pegar o que está sendo transmitido, porque tudo está criptografado”, explica o professor João Gondim, do Departamento de Ciências da Computação da Universidade de Brasília (UnB).

Uma VPN faz com que todo o seu tráfego na rede passe por um computador específico. Se esse computador não estiver no Brasil, seu Whatsapp vai funcionar e sua Netflix (serviço de streaming de conteúdo) vai ter acesso a conteúdos de outro país. No entanto, é necessário ter atenção.

Não são apenas os dados do Whatsapp que entram no fluxo da VPN. “Quando eu falo todo o tráfego, é todo o tráfego de rede mesmo. Inclui email, Facebook, aplicativos de bancos, etc”, alerta Athos Ribeiro, do Centro de Competência em Software Livre (IME) da Universidade de São Paulo.

Segundo o professor Gondim, no caso do WhatsApp, a VPN estabelece a conexão do aplicativo por meio de portas que não são as usuais nos dias em que o serviço não está suspenso: “você chega ao servidor como que por um desvio”, explica. O risco de utilizar a VPN é, segundo Gondim, o mesmo que se corre ao utilizar qualquer aplicativo: é necessário analisar todos os termos de uso, ver a que os seus dados estão sendo expostos e avaliar se vale a pena”, orienta.

Via http://www.ebc.com.br/tecnologia/2015/12/entenda-o-que-e-vpn-e-conheca-o-risco-de-usar-este-servico-no-seu-celular 

Técnico em Informática, Bacharel em Ciência da Computação. Natural de Itatiba/SP.

Email: brunomezzalira@itatibanews.com

Comentários

Bruno Mezzalira

Técnico em Informática, Bacharel em Ciência da Computação. Natural de Itatiba/SP. Email: brunomezzalira@itatibanews.com

Recentes

Itatiba recebe 500 livros do Projeto Mundo da Leit... Neste mês de outubro, alunos da rede municipal de ...
Avenida Cel. Peroba recebe alterações na próxima s... A partir da próxima segunda-feira, dia 23 de outub...
Novo recurso do WhatsApp mostra aos amigos onde vo... O WhatsApp está recebendo um novo recurso que perm...
Estudo alerta para aumento nos casos de DSTs entre... Ser idoso já não significa falta de atividade, cal...

Populares

Polícia apreende três suspeitos de matar professor... Um jovem e dois adolescentes foram detidos em Jund...
Professora desaparecida em Itatiba é encontrada mo... Ana Maria Jericó, de 55 anos, desapareceu durante ...
Trio é preso após comentário sobre homicídio em re... Segundo a Polícia Militar, corpo da vítima foi enc...
Quadrilha planejava o maior roubo a banco do mundo... A criatividade dos assaltantes é digna de um filme...
Novo recurso do WhatsApp mostra aos amigos onde vo... O WhatsApp está recebendo um novo recurso que perm...
CLOSE
CLOSE